Após 12 anos, Cyborg reencontra Érica Paes sua única algoz: “Ajudou a me tornar campeã”
Erica Paes mostra orgulho em ser  a “pedra no caminho” de Cris: “Grande honra”

– Enfrentei a Erica na minha primeira luta no MMA. Foi lá onde tudo começou e, a partir dessa derrota, eu decidi que queria ser lutadora. O resultado me ajudou a me dedicar e treinar com foco, e ajudou a me tornar a grande campeã do UFC – disse Cyborg.

Erica Paes, por sua vez, não deu continuidade à carreira no MMA após finalizar Cyborg com uma chave de joelho, a 1m46s do primeiro round, no evento “Showfight 2”, em São Paulo, em maio de 2005. A lutadora fez mais quatro apresentações, alternando vitórias e derrotas. No entanto, para a paraense, ser o “calo” da compatriota é sua maior vitória dentro dos ringues.